SEJA BEM VIINDO A BORDO DO INTUIÇÃO

SEJA BEM VINDO À BORDO DO VELEIRO INTUIÇÃO!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

SONHO REALIZADO (CHEGAMOS EM NORONHA)


                                                         Chegando em Noronha.


                            Jantar em Recife de abertura da regata (Celso estava em Curitiba).

          CHEGAMOS EM NORONHA e gostaria de dedicar essa viagem ao meus queridos pais, JOFFRE e LÊDA, principalmente  a meu pai que sempre sonhou em chegar com seu Veleiro  INTUIÇÃO aqui em Noronha  e ainda tinha planos para ir um pouco além disso, Portugal se possível. Portugal? Não iremos  tão longe mas em Noronha nós chegamos e tenho certeza que, onde quer que eles estejam, estão vibrando muito vendo seu proeiro com o INTUIÇÃO, fundeado em Noronha. Aos meus queridos pais, obrigado por tudo e vamos em frente.



         Gostaria também de agradecer a minha querida esposa Bia que sempre me ajudou e incentivou a chegar aqui e as minhas filhas por entenderem a ausência de papai nesse período.
Obrigado ao meu irmão Joffre e minha irmã Eneidinha pelo incentivo e ao meu amigo cunhado Alonso, sempre atento as mensagens do Spot para saber onde estávamos e se estávamos bem. Meu muito obrigado por tudo,
VALEUUUUUUUUU.
          Aos meus tripulantes incansáveis na preparação do barco e sempre prontos a ajudar e a navegar até aqui. Obrigado e  que Bons Ventos sempre nos leve e que tenhamos sol sempre a Barla.

                                        CELSO arrumando seu cinto.

                                  Luis (Morcegão)  em foto rara (navegando de dia)


                   
                                      Depois de muito Mar e muito vento,  a vista esperada.


                                                       Final da tarde em Noronha
                                 

                                           Marcelo (soneca) sempre no rumo certo



                                         Chegando na ponta da Sapata (Noronha)


                                        Soneca era só sorriso depois que chegou.


                                        Com depressão por saudade do EB.

                                             Concordo com vc é muito lindo


        

           Depois de 2 dias em Recife, tudo estava pronto para saída no dia 25 set às 15:00. Participamos das reuniões previstas pela Marinha e pelo Cabanga, que foram muito importantes para nossa experiência. O responsável pela metereologia informou que teríamos ondas grandes acima de 3m mas que não teríamos problemas e os ventos deveriam ficar em torno de 15 nós na saída e 20 a 25 na chegada. Ficamos bem tranquilos, pois as previsões nos sites não coincidia com as informações do palestrante. 
          A largada foi muito bonita com um desfile dos barcos para o check in e confirmação e autorização para largar. Muito bonita e organizada a largada. Logo que largamos, seguimos rumo à Noronha, contornando a bóia norte e já notamos que o mar não estava para brincadeira. O vento soprava com 18 nós e o Intuição estava com todas as velas em cima e navegando rápido. Antes de anoitecer, o vento e mar estavam dando trabalho e resolvemos passar a noite com tranquilidade e decidi colocar a  vela grande na 2ª forra de rizo e enrolar a genoa até o ponto do barco ficar na mão do timoneiro. Nossa! A navegação nesta noite foi fogo: muita onda, vento e pirajá e nas rajadas o vento chegou a mais de 30 nós. No rádio muitos pedidos de apoio aos navios da Marinha  e alguns veleiros desistindo da regata.
                                                 Preparando para largada
          No domingo, o mar amanheceu ainda pior e eu fiquei bem apreensivo e decidi navegar com maior segurança e para isso mantive a grande o dia todo no 2º rizo .O almoço no domingo foi tão complicado de fazer que tive que cozinhar sentado no chão da sala, pois o Intuição balançava muito e tava perigoso levar um  tombo dentro da cabine. À noite, o vento apertou ainda mais e ficamos só com a grande no 2º rizo e com isso passamos uma noite tranquila e dormimos bem.
          Na segunda, o mar e o vento melhoraram mas ainda estávamos nervosos e mativemos o dia todo a grande no 2º rizo e a genoa enrolada em 50%. Nessa madrugada, o navio da Marinha trabalhou muito; foram muitos os atendimentos inclusive teve evacuação para o porto de Natal. Nós, até então, havámos tirado poucas fotos devido o estado do mar e a atenção redobrada em tudo a bordo. Quem deu a palestra em Recife deve ter olhado um local diferente de onde íamos passar, pois enfrentamos um mar com ventos fortes e tivemos uma navegação dura. Mas na terça pela manhã, estávamos dobrando a ponta da Sapata em Noronha e chegando ao local que planejamos estar  alguns meses atrás. Nossa! Que felicidade de chegar e com todos bem a bordo, sem nehuma baixa e sem problemas no Intuição.
                                                      Porto de Noronha
         Logo, logo, mandaremos notícias da ilha que vista do mar é muito linda mesmo. Valeu a pena chegar aqui!!!
Bons Ventos a Todos.

                                                                       EU

Abraço
Chagas a bordo do Veleiro Intuição  ancorado em FERNANDO DE NORONHA.

4 comentários:

  1. Chagas, Luiz e Marcelo foi uma honra fazer parte desta travessia. Obrigado a todos, em especial ao Chagas por aguentar um tripulante OGRO. Ainda hoje tudo esta muito vivo na minha mente, principalmente o Intuição surfando as ondas de 3 metros.

    ResponderExcluir
  2. Valeu
    quando puder o Intuição está a disposição para nova surfadas

    ResponderExcluir
  3. SENSACIONAL!
    Parabéns Comandante.
    Forte abraço,
    Wenceslau

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Cel
    Estamos com a Barco em Natal se puder venha velejar com a gente
    abraço
    Chagas

    ResponderExcluir