SEJA BEM VIINDO A BORDO DO INTUIÇÃO

SEJA BEM VINDO À BORDO DO VELEIRO INTUIÇÃO!

segunda-feira, 7 de março de 2011

VOLTANDO A NORONHA

Vista do avião
                   Depois de conhecer Noronha, participando da REFENO 2010 com o Intuição, decidi que levaria minha esposa para conhecer aquele paraíso chamado Ilha de Fernando de Noronha.
                   No dia 28 de Fevereiro pegamos um vôo na NOAR rumo a Recife e de lá, no mesmo dia, um vôo da Gol e seguimos para Fernando de Noronha.
Ao nos aproximarmos da Ilha, minha esposa lá do alto já podia ver algumas paisagens maravilhosas com o morro dois irmãos. Assim que desembarcamos fomos recebidos pelo Rocha da pousada Monsieur Rocha (aquele que patrocina a regata Noronha – Natal) e seguimos para a pousada.



                                                                    No Desembarque


                                                         Vista do morro Dois irmãos



                                                          Que Felicidade!!!!!!



                                                                 Por do Sol no Porto

                   Depois de ocupar a nossa suíte e alugar um bugre, corremos para o porto para já na chegada contemplar um lindo pôr-do-sol em Noronha. Que maravilha! Detalhe: tinha um veleiro estrangeiro lindo ancorado por lá.






                                                       Bia a mergulhadora profissional



                                                             Tartaruga na praia do sueste




                                                                          Lindo por do Sol







                      A noite por indicação do Rocha levei minha esposa para jantar no Varandas, comida muito boa, mas o preço bem salgado.
No dia seguinte pela manhã, logo após um maravilhoso café na pousada seguimos para a praia do Sueste e lá aproveitamos para mergulhar junto com peixes, tubarão, raias e um grupo lindo de tartarugas. 


                                                                     Praia do Sueste




                                                          Bia gravado nas areias do sancho

                      Seguimos então em nosso potente bugre para a praia do Sancho onde em setembro escrevi na areia o nome do Intuição e não poderia deixar a oportunidade passar de também escrever o nome dela e foi isso que eu fiz, aproveitei e não perdi tempo e logo lá estava nas areias da praia do Sancho o nome do meu grande amor BIA, que lindo.  Assim que cheguei pude notar que as praias de dentro estavam bem agitadas, enquanto as de fora bem calmas. Segundo pessoas da ilha isso era normal em Noronha. Para ter uma idéia, o flutuante do porto foi arrancado pela força das ondas que castigaram o porto nessa época do ano.  No final da tarde corremos para o mirante do boldro para ver o pôr-do-sol de lá.

                                                     Antes de descer para a praia do Sancho




                                                     Atento com a depressão pós EB


                                                                            Lindo

                                   Bia no porto ( pode ver quue não existe o flutante só a escada)

                     À noite, de bugre, conheci uma padaria muito boa que tem de tudo e dois mercados que são muito bons, na REFENO, sem bugre, não tivemos essa regalia e sofremos um pouco. Em Noronha tem de tudo, mas os preços são bem salgados. O grande negocio é alugar um Bugre pois sem ele as coisas ficam bem complicadas, tudo é longe e sem ele nossa você vai ralar bastante.




                                                          Praia do cachorro sem areia


                       À noite fizemos um Luau improvisado no restaurante ao lado do porto. No dia seguinte, aproveitamos para conhecer as praias que ainda faltavam, fomos na conceição, praia do meio, cachorro e boldro. Na praia do cachorro a grande surpresa a areia tinha sumido e só tinha pedra, segundo moradores locais isso acontece todo ano e a areia só volta em junho. Aproveitamos e fomos olhar de perto o tal buraco que o pessoal mergulha. Nossa! Coisa de doido. No cachorro procurei um cachorro mistura de labrador com sei lá o que, mas muito lindo e cor de café, que fiz amizade na época da REFENO, mas tive a triste noticia que morreu envenenado por corre atrás de ovelhas de alguns moradores da ilha , uma pena.


                                                Onde foi parar a Areia da praia do cahorro



                      Já no dia do retorno, demos uma volta de bugre e visitamos a praia do americano. Antes do meio dia fechamos as diárias da pousada e aproveitamos o bugre até a hora de ir para o aeroporto.
Foi muito bom, ou melhor FANTASTICO!



                                                              Igreja de Noronha


                                            Descobri a imagem e Iemanjá na praia da Conceição

     Bons ventos a todos
     Comandante Chagas Veleiro Intuição